Não é uma nenhuma novidade dizer que a moda sob medida (couture) tem estado cada vez mais mainstream no mercado.

Mainstream nada mais é do que uma moda ou estilo que se encaixam no gosto da maioria das pessoas; o famoso popular.  Prova maior disso é a moda saída das passarelas que se desenvolveram e praticamente deixou de ser privilégio apenas da elite para se massificar entre a população geral.

A moda sob encomenda finalmente se tornou mainstream?

Ao longo dos anos, novas e antigas marcas tem diversificado o mercado, fazendo com que a moda se tornasse cada vez mais popular a fim de atingir públicos maiores ao invés de concentrar-se apenas em nichos muito específicos.

Parece estranho dizer que o couture virou mainstream, mas foi-se o tempo em que desfiles de moda eram apenas voltados à elite.  Agora podemos ver coleções fast-fashion criadas por estilistas das maiores marcas haute-couture do mundo, como por exemplo o trabalho de Karl Lagerfeld da Chanel para a Macy’s, que é uma das lojas de departamento mais populares dos  E.U.A.

A moda sob encomenda finalmente se tornou mainstream?

Imagem: Coleção de Karl Lagerfeld para a Macy’s

Novos designs e coleções acabam por diminuir o efeito de trickle down da moda, que nada mais é do que a moda vinda de cima ( das passarelas e elite) para o restante da população. O efeito agora é quase intanâneo! Desfiles acontecem, looks são desfilados e após alguns meses já estão sendo vendidos em lojas de departamento entre outras.

Isso seria bom ou ruim para o mercado?  Na verdade seria ótimo,  pois marcas ganham visibilidade, pessoas começam a se desfrutar da moda ainda mais e assim o mercado da moda continua a girar. 

 

Comments

comments