Mesmo com tantas soluções de conteúdo, ainda é possível encontrar erros em lojas virtuais, sejam elas grandes ou pequenas. Aqui vão alguns dos erros mais comuns e suas soluções:

1- URL não amigável: Muitas marcas esquecem de fazer a ligação entre a URL e o produto apresentado, sem se preocupar com a ligação direta com os produtos oferecidos. Este é um fator, que pode trazer mais acessos ao site e evitar que o consumidor caia no site da concorrência.

2- Layout poluído: Excesso de banners, excesso de produtos entre outros objetos não compõe um site agradável.  Os clientes devem ter a vontade de passar o maior tempo possível em seu site e não fugir dele.  Nessa hora a escolha de uma equipe de web design bem preparada e séria seria a melhor solução, pois irão fornecer dados.

3- Sistema de busca ineficaz:  Não há nada mais irritante do que buscar produtos ou informações em um site e não encontrá-los logo de cara. Uma loja deve estar o mais visível possível na visão do cliente, por isso, o mecanismo de busca no site deve estar o mais organizado possível. Lembre-se de que todos os tópicos devem estar separados em um sistema de tags com palavras chaves essenciais da marca.

4- Produtos sem imagens ou imagens pequenas: Clientes desistem de comprar quando não encontram imagens referentes ao produto, ou até mesmo pior, perdem a vontade de explorar no momento em que veem imagens muito pequenas ou com baixa resolução. Lembre-se que produtos que apresentam imagens com qualidade e boa resolução possuem mais chances de vendas do os pequenos citados acima.

5- Descrição pobre: Uma descrição rica em informações, porém objetiva é ideal para vendas online.  Clientes querem informações diretas sobre o produto, mas isso não significa que qualquer descrição apenas para ‘tapar o buraco’ sejam a melhor escolha.  Corte informações desnecessárias e forneça com clareza os detalhes do objeto.

6- Cadastro extenso: Outro fator que complica a escolha do cliente na hora da compra é a ficha de cadastro muito extensas. Clientes costumam desistir da compra ao se depararem com um formulário enorme. Se possível, solicite nome, email e senha numa primeira tela e adicione outros dados em uma segunda, apresente um cadastro mais completo com o restante de informações essenciais para a venda.

7- Falta de opções de contato:  Todos as formas de contato devem estar visíveis aos clientes. Tenha no mínimo um formulário de contato além de telefones ou emails para contato. Muitas lojas demoram em responder emails, ou nem sequer respondem.  Isso não pode acontecer, pois a comunicação com o cliente é o principal fator decisivo na hora da compra. 

Comments

comments