Quando se está construindo um site, conseguir tráfego não é uma das principais prioridades, mas isso também é algo importante para o crescimento do seu negócio.  Para que suas estratégias tenham efeito, existem regras essenciais que você deve seguir enquanto estiver reestruturando o design de seu site.  Se estiver trocando seu URL, por exemplo, mudando de um blog para outro ou expandindo seu e-commerce, existem algumas regrinhas que você deve seguir para se assegurar de que seu tráfego e palavras chaves continuem funcionando corretamente.

Estas três regras de ouro irão ajudar sua experiência, não apenas através de inúmeros erros que podem ser  consertados, mas também através de dicas confirmadas por experts e profissionais da área.

 

Aqui vão 3 regras para manter o seu tráfego de pesquisas organizado enquanto estiver reestruturando seu website: 

post blog 2

Regra #1: Tenha certeza de fazer um pedido ao ‘301 redirects’ para seus antigos URLs e para novos URLs.

Problema:  Esse é um grande erro. Surpreendentemente desenvolvedores não estão pensando no que você poderia fazer com suas antigas páginas quando você muda para um novo servidor ou quando lança uma nova categoria de seções, por exemplo: ‘Vestido de designer’ para ‘Vestidos de designers’. Se você lançar um novo URL e seu URL antigo ainda estiver online (no seu servidor), então você tem um grande problema; geralmente chamado de erro 404 e estes erros podem enviar um sinal vermelho em mecanismos de pesquisa que podem dificultar o trabalho do google.

Solução: Erros 404 podem ser facilmente resolvidos por um desenvolvedor ou até mesmo você. Basta pensar ‘nós precisamos redirecionar o site antigo para o novo site; Será que podemos usar o 301 redirects para isso? É claro que um bom desenvolvedor sabe o que é o ‘301 redirect’ e você com certeza conseguirá executá-lo, mas muitas vezes os desenvolvedores são os responsáveis por decidir para qual local o url antigo deve direcionar. A melhor opção é definir qual URL irá redirecionar o caminho. Chamamos isso de ‘URL mapping” (mapeamento de URL).

Porque o Google gosta disso: Quando você relança um website, sempre diga ao seu programador onde você deseja que suas novas páginas estejam  e para onde as antigas páginas devem ser redirecionadas. Isso não apenas resolve o problema do 404, mas também ajuda a manter o tráfego de seu site, pois um ‘301 redirect’ é o melhor caminho para dizer ao google que ‘sua página se mudou’, sem interromper a experiência do usuário

 

post blog 3

Regra #2: Evite a duplicação de conteúdos causada por blogs ‘fora da caixa’ ou algumas plataformas de E-commerce

Problema: Lançar um site com páginas que compartilham do mesmo conteúdo, mas possuem URLs diferentes, ou diferentes URLs com nenhum conteúdo precisam de uma solução. Se você está apresentando um site que cria conteúdos ou tem uma plataforma de e-commerce como o Magento, então ouça bem porque temos algumas dicas para você.

Solução: Conteúdos duplicados podem ser resolvidos de diversas maneiras, dependendo da plataforma do seu site e seus objetivos.  Por exemplo, se você for um editor que sindica conteúdos de terceiros, o melhor a fazer para resolver o problema de duplicação seria usar a tag de comando rel=canonical . Aqui vai uma lista completa com as melhores opções para resolver este problema.

  • Para evitar que o site seja penalizado quando compartilhar  conteúdos que são passados para muitos sites, aplique a tag rel=canonical. Usar essa tag no head da página ajuda a controlar os sistemas de busca, fazendo com que o ‘robô’ (bot) saiba a origem da fonte. Essa técnica realmente funciona.
  • Usar uma tag META NOINDEX no head da página também evita que o bot de pesquisa consiga catalogar o post, assim isso permite que o conteúdo duplicado exista,mas ao mesmo tempo não prejudique o site
  • Se você estiver usando uma plataforma for a da ‘caixa’, como WordPress ou Magento (para e-commerce). Você deve ter certeza de que o desenvolvedor configure menos plug-ins e tenha cuidado com páginas de produtos que compartilhem refinamentos.

Para prevenir conteúdos duplicados, aqui vão algumas dicas de SEO para donos de e-commerce:

*Nem todos os refinamentos precisam de um URL

Dicas para blogueiros: tags não deveriam ser utilizadas fora de uma lista corrigida.

Por que o Google gosta disso:  O Google não gosta de conteúdos duplicados e cada vez que você duplicar conteúdo, urls precisam ser corrigidos. Desde que existem diversas maneiras de corrigir este erro, como listadas acima, o Google e outras ferr amentas de pesquisa não irão adicionar suas páginas no index se estas tiverem conteúdos duplicados.

fash

Regra #3:  Seja prático e não ‘bonitinho’; Escolha postagens baseadas em texto ao invés de navegação com imagens

Problema: Muitos na área de moda gostam de ter o espaço do seu site bonito como o site da Elle. Apesar de isso ser interessante, não é um modo típico suportado em todos os tipos de browser, principalmente em meios mobile ou por meio de tablete. Ter uma navegação baseada em imagens apenas ou completamente montadas em flash é muito legal, mas se o site precisa continuar trazendo tráfego  e melhorar depois do lançamento, você precisa ser prático e escolher um design com base em textos. É claro que um bom desenvolvedor sempre irá saber unir os dois, mas lembre-se de manter o foco no orçamento disponível para tal.

Solução: Use links de navegação baseados em texto. Hoje em dia existem tantas coisas que você pode fazer com CSS, como por exemplo, criar templates que tem imagens de fundo,etc, ou até mesmo HTML5 para fazer estilos diferentes. A necessidade de ter uma imagem é viável se você não estiver interessado em ganhar tráfego, como a Burberry, ou a Louis Vuitton, mas para nós que não temos 22 milhões de dólares para gastar em anúncio a cada seis meses, o tráfego ainda é muito importante.

Porque o  Google gosta disso:  Se o Google não pode alcançar as páginas mais profundas do seu site por causa de sua linda navegação baseada em imagem, então você realmente não vai conseguir muito tráfego. Mas o pouco tráfego que conseguir, irá cair em declínio lentamente e outros estarão chegando em sua frente;  Aqueles baseados em texto são os favoritos do Google, principalmente por sua fácil leitura.

Comments

comments